top of page
Buscar
  • Foto do escritorDiogo Braga Crônicas

Pai em dobro (Crônica n°73)

Virei pai de novo. Em um dia estava brincando com Lílian, minha primogênita, e no outro zanzando pela casa ninando o bebê no colo, Diana, a caçula. E as coisas aconteceram tão rápido que nem deu tempo de perceber que eu já era pai de duas.


Só me dei conta disso quando comecei a trocar os nomes. Um belo dia, quando estava trocando fralda, Diana esguichou um xixi na minha cara. Sujou meia, macacão, o trocador, tudo! E eu gritei: "Caaalma Lílian!"


Pai de dois só se dá conta disso quando começa a trocar os nomes dos filhos.


E naquele momento eu lembrei das inúmeras vezes que minha mãe e meu pai me chamaram de Monique, nome da minha irmã mais velha, que, inclusive, é mulher. Não faz sentido nenhum isso.


E lembrei também da avó da minha esposa, dona Olinda, que também troca o nome das filhas e que vez ou outra flagro chamando minha primogênita: "Lilian, vem comer sua raçãozinha!" Ela troca o nome da cachorra pelo da neta e vice versa. Isso faz menos sentido ainda.


E inúmeros casos surgiram e surgem na minha cabeça: pais com mais de um filho trocando os nomes, Tias, Tios, pais de amigos...


Quando era criança eu não gostava quando erravam o meu nome, mas agora, com a experiência, vejo que isto parece ser um mal que acomete os papais e mamães com dois ou mais filhos.


É algo pequeno, uma informação inútil, mas pra mim foi um marco, foi quando eu cai na real que tinha me tornado pai de duas. É uma daquelas coisas que nos faz parar pra refletir sobre o passado e conjecturar sobre o maravilhoso (e difícil) futuro que aguarda quem é pai, ou mãe, e que agora pra mim vem em DOBRO.

21/08/2021 (Crônica n° 73)

Diogo Braga Crônicas



Crônicas em podcast, Spotify (Braga Crônicas), Instagram (@DiogoBragaCronicas) e Youtube (Braga Crônicas). Medium (@bragacronicas).



--- E se você se identificou ou gosta das histórias que eu conto, comenta, salva, compartilha, se inscreve, ativa as notificações, mostra pro coleguinha, faz tudo e me ajuda a espalhar a palavra! E se você quer compartilhar uma história sua comigo, me manda um e-mail para bragacronicas@gmail.com ou me envia um áudio pelo direct do instagram que é @diogobragacronicas.


No mais, meus votos de uma vida com gosto de açúcar nos lábios e até a próxima!


Diogo Braga.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

TODO GATO É MALVADO (Crônica n° 82)

“Todo gato é malvado!” Tento incutir na cabeça da minha filha de 4 anos. “Não é não, gato é bonzinho” ela responde me dando língua. É inocente quem pensa que os pais têm o poder absoluto de moldar a

TRADIÇÃO DE DIOGOS (Crônica n° 81)

Na minha família há uma tradição de Diogos. No caso, o nome mesmo. E meu pai, de nome Diogo, em um momento de curiosidade, contou, fez uns telefonemas para os familiares, primos próximos e distantes e

UVAS DESCOBRIDORAS (Crônica n° 80)

Comendo uvas, estava eu jogado e embriagado de sono na mesa do café. O pote de sorvete à minha frente, sem sorvete, apenas um cacho onde em cada gravetinho morava uma uva verde e eu, aleatoriamente, p

Comments


bottom of page