top of page
Buscar
  • Foto do escritorDiogo Braga Crônicas

FESTA DENTRO DA BARRIGA (Crônica n° 68)

Atualizado: 3 de nov. de 2021

Minha esposa está grávida de novo. E minha filha que está dentro da sua barriga gosta de uma festa. Mexe e remexe dentro da barriga com a intensidade que quem está dançando na noite e começa a tocar a música preferida.


Eu só fico de fora olhando a barriga se esticar pra lá e para cá como uma bolha de sabão plainando no ar, prestes a estourar. Até que eu, de sorriso no rosto, ponho a mão na barriga pra sentir. Ela para. Renega o meu toque. Eu tiro a mão e a festa recomeça. E ela estica pra cá e para lá a pele da barriga da minha esposa.


Este processo perdurou por dias. Toda vez que ela começava a dançar eu corria para botar a mão para sentir. E ela parava. Rejeitado.


Eu tenho inveja da mãe que pode sentir por dentro o milagre de gerar uma vida. Carente é o pai que implora por um contato cor um serzinho que ainda nem nasceu.


Mas a angústia é do tamanho do amor já existente, que por não caber no peito desceu pra barriga. A angústia é por querer pegar no colo logo, dar mamá, carinho. Ela ainda não nasceu, mas eu já quero me conectar com ela. Uma ansiedade que nós que não sabemos o tempo das coisas somos submetidos. Um dia ela vai nascer e tudo vai estar bem.


E numa noite minha esposa já estava dormindo e eu, sonolento, abraçado a ela com a mão em seu ventre percebi começar uma festa.


Então eu soube que o tempo tinha chegado. Acordei de vez e fiquei escutando a música imaginária da festa que ocorria dentro da barriga. Minha mão dançou para lá e para cá em contato com minha filha e eu viajei todo bobo de sorriso no rosto como uma bolha de sabão plainando no ar.


Minha esposa dormindo do lado e eu e minha filha acordados curtindo uma festa com a intensidade que quem está dançando a música preferida.


Minha primeira conexão com minha filha. Foi difícil voltar a dormir.

15/05/2021 (Crônica n° 68)

Diogo Braga Crônicas






.

.

.

--- E se você se identificou ou gosta das histórias que eu conto, comenta, salva, compartilha, se inscreve, ativa as notificações, mostra pro coleguinha, faz tudo e me ajuda a espalhar a palavra! E se você quer compartilhar uma história sua comigo, me manda um e-mail para bragacronicas@gmail.com ou me envia um áudio pelo direct do instagram que é @diogobragacronicas.

No mais, meus votos de uma vida com gosto de açúcar nos lábios e até a próxima!

Diogo Braga.

.

.

Crônicas em podcast, Spotify (Braga Crônicas), Instagram (@DiogoBragaCronicas) e Youtube (Braga Crônicas). Medium (@bragacronicas).

.

Music from epidemicsound.com.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

TODO GATO É MALVADO (Crônica n° 82)

“Todo gato é malvado!” Tento incutir na cabeça da minha filha de 4 anos. “Não é não, gato é bonzinho” ela responde me dando língua. É inocente quem pensa que os pais têm o poder absoluto de moldar a

TRADIÇÃO DE DIOGOS (Crônica n° 81)

Na minha família há uma tradição de Diogos. No caso, o nome mesmo. E meu pai, de nome Diogo, em um momento de curiosidade, contou, fez uns telefonemas para os familiares, primos próximos e distantes e

UVAS DESCOBRIDORAS (Crônica n° 80)

Comendo uvas, estava eu jogado e embriagado de sono na mesa do café. O pote de sorvete à minha frente, sem sorvete, apenas um cacho onde em cada gravetinho morava uma uva verde e eu, aleatoriamente, p

Commentaires


bottom of page